06/04/20

ABERTAS INSCRIÇÕES: E-COMPETITION PIANO EM FOCO 2020

por

Teatro SESI/AML - Londrina - 00:00 h

O primeiro concurso digital de piano do Brasil é PIANO EM FOCO.

Acompanhando as tendencias internacionais, o PIANO EM FOCO realiza o primeiro E-COMPETITION do Brasil.

Com custo baixo para o participante, ele tem a oportunidade de ser avaliado por pianistas de carreira internacional e ter a possibilidade de ser premiado com uma vaga no curso de piano na Espanha em 2021. ("Ávila International Music Festival 2021 - ESPANHA").

http://www.filarmoniavila.es/

 

JURI:

DIEGO CAETANO, nascido no Brasil, é considerado pelo jornal italiano La Stampa um pianista dotado de “técnica e musicalidade brilhantes.” Concluiu o Doutorado em Artes Musicais - Piano Performance pela Universidade do Colorado em Boulder (EUA), o Mestrado em Música pela Universidade de Wyoming (EUA) e o Bacharelado em Piano pela Universidade Federal de Goiás. Caetano estudou sob a orientação de Dr. David Korevaar, Bob Spillman, Dra. Theresa Bogard, Dra. Maria Helena Jayme e Lílian Carneiro de Mendonça. Dr. Caetano também estudou com Dr. Nadezhda Eysmont no Conservatório de São Petersburgo, na Rússia.

Dr. Caetano foi laureado em mais de cinquenta concursos nacionais e internacionais de piano, incluindo: Concurso Internacional de Piano de Bucareste Romênia (2018), Grand Prix Virtuoso de Londres (2016), Concurso Internacional de Concerto "Shining Stars" (2014), Conservatory Music in Concurso de Concerto Mountains (2013), Concurso Internacional de Piano Jefferson Symphony (2013), Concurso de Piano Snowy Range (2012), MTNA - Steinway & Sons (2011), Concurso de Piano "Spartacco Rossi" (2010), Concurso de Piano "Arnaldo Estrella" (2008), etc. Também ganhou prêmios especiais, incluindo Melhor Intérprete de Compositores Brasileiros, Melhor Intérprete de Compositores Espanhóis e Prêmio de Excelência em Performance.

Diego Caetano atua amplamente como solista e camerista e tem se apresentado nos EUA, Brasil, Chile, Europa, Ásia e África, incluindo o Carnegie Hall de Nova York, Philia Hall de Yokohama, Palacio da Foz de Lisboa, Sala Cecília Meireles do Rio de Janeiro e em Londres, no Royal Albert Hall. Destacam-se também apresentaçōes de Momoprecoce de Villa-Lobos com a Orquestra Sinfônica do Conservatório de Tatuí; Segundo Concerto para Piano de Chopin com Orquestra Sinfônica de Goiânia, Nova York Concerto Sinfonietta; Segundo concerto para piano de Rachmaninoff com a Filarmônica de Boulder; O concerto de Ronaldo Miranda com Orquestra Sinfônica de Barra Mansa; Como uma Ola de Fuerza e Luz, de Luigi Nono, com Orquestra Filarmônica de Goiás, sob a batuta de maestros como Michael Palmer, Guilherme Berstein,Paul Hostetter, Neil Thomson, Rodrigo de Carvalho, Joaquim Jayme, Daniel Guedes e outros.
Foi recitalista no Grand Teton Music Festival, no PianoFest de Belo Horizonte, no Conservatory Music of the Mountains de Durango, Asia-Pacific Saxophone Academy na Tailândia e no Festival Internacional de Música de Brasília. Defensor da música contemporânea, estreou obras dos compositores Robert Spillman, Anne Guzzo, Guilherme Bernstein, Marlos Nobre e Roger Goeb. Caetano é membro do Duo Lispector com o violinista russo Evgeny Zvonnikov e membro do Resch-Caetano Duo com o tenor alemão Richard Resch.
A temporada atual inclui apresentações nos EUA, Espanha, Reino Unido, China, Taiwan, Romênia, Portugal, Sérvia, Rússia, Brasil e Suíça.

Caetano mantém uma agenda ativa como educador, tendo ministrado master-classes e sido parte de júri em concursos ao redor do mundo. Fez parte do corpo docente na Universidade do Colorado em Boulder, na Universidade de Wyoming e no Casper College. Atualmente, é professor associado de piano no Amarillo College. Caetano é um artista Shigeru Kawai.

 
 

DAVID PALMER: O pianista David Palmer se apresentou nos Estados Unidos e na Europa desde o início dos anos 90, tanto como solista quanto como músico de câmara. Palmer já tocou com orquestras como a Sinfonia de Wichita, The American Sinfonieta, The Scottsdale Symphomy Orchestra, The Amarillo Virtuosi e a Arizona State University Orchestra. Ele já trabalhou com muitos músicos de câmara nos Estados Unidos em locais como Nova York, Houston, Los Angeles, Chicago, Atlanta, St. Louis, Seattle, Vancouver, Tulsa, Oklahoma City e nas planícies e regiões montanhosas dos EUA. . Palmer também se apresentou em festivais de verão, incluindo a Escola de Artes Interlochen, o Aspen Music Festival, o Bellingham Festival of Music e o Eastern Music Festival, entre outros. Palmer é o diretor artístico e fundador da Chamber Music Amarillo em tecas sinse 1998 e atuou como fundador e diretor artístico do Quartz Mountain Music Festival em Oklahoma de 2006 a 2011. Comemorando sua 22ª temporada, Chamber Music Amarillo lidera a apresentação de Beethoven, a Missa Solemnis Alliance faz parceria com várias instituições regionais em uma performance de Beethoven, Missa Solemnis, comemorando o 250º aniversário do nascimento de Beethoven.

A Chamber Music Amarillo está em parceria com a Panhandle PBS para documentar essa jornada que culminará em uma apresentação de 2020 com 170 músicos no palco do Amarillo Globe News Center od Performing Arts. Recentemente, a Chamber Music Amrillo conquistou o segundo lugar na Divisão Profissional 2017-2018 da competição do Prêmio Americano, reconhecida nacionalmente, que celebra a excelência nas artes. Formado com o Chamber Musica Amrillo e o Qaurtz Mountain Music Festival, David adquiriu um amplo conhecimento em gerenciamento e performance nas artes musicais, trabalhando com artistas de suc como o Romero Guitar Quartet, o Harrinton String Quartet, Campi String Quartet e Campi String Quartet e Arianna Stirng Qaurtet A cantora de ópera internacional Mary Jane Johnson, mestre de concertos da Orquestra Sinfônica de Montreal Richadd Roberts, músicos de jazz Bevan Manson, Lee Rucker, Kent Kidwell, Mark Little, Jamie Dacis, produtor de Nashville Darrell Bledsoe, compositores John Boyle, Kenji Bunch, Mike Garson e John Jarbinson e compositores Nina Garcia, Mike Fuller e JD Southern, para citar alguns. Em 2012, David colaborou com a cantora / compositora Nina Garcia em uma produção em vídeo do YouTube de sua música "Take me dancing" no Fibonacci Performance Space em Amarillo, Texas.

Durante o ano de 2013, David gravou obras de Ravel para violino e piano para a gravadora Centaur com a amiga e colaboradora de longa data, violinista Annie Chalex Boyle, após uma turnê de concertos com ela em toda a América do Norte, incluindo Atlanta, St, Lois e Vancouver, Colúmbia Britânica. Durante a temporada 2014-15, Palmer se apresentou várias vezes no Kansas no Chamber Music no Barn e no Colorado com Lake City Arts, além de apresentações em todo o Texas Panhandle. Palmer ingressou recentemente no Board of Lake City Arts e assumiu o cargo de Diretor Artístico da Chamber Music Series, uma série originalmente fundada por seu pai há 40 anos. Além das apresentações no Mary Stigall Theatre, David e Annie Chalex Boyle produziram várias apresentações, intituladas Music Matters para os alunos da Lake Citu Community School durante a entressafra. Seguindo os passos de seus fundadores, Palmer trabalha em estreita colaboração com os atuais membros do Conselho de Administração da LakeCity Arts, ajudando a crescer e estabilizar esta importante organização artística para a maravilhosa comunidade de Lake City. Em 2015, ele colaborou com os Músicos Sinfônicos da ATL, trabalhando com eles em uma performance no Bach completo, Brandenburg Concerti. E durante as temporadas 2015-16 e 2016-17, Palmer fez parceria com o violinista búlgaro Rossitza Goza, realizando o ciclo completo das sonatas para violino de Beethoven. Convidados a se apresentar no prestigiado Semanas Musicales em janeiro passado, Palmer e Annie Chalex Boyle fizeram várias apresentações em todo o Chile, na América do Sul.

LUCIANA NODA: é Doutora e Mestre em Música pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Bacharel em Piano pela Faculdade Santa Marcelina,  em São Paulo. Ao longo de sua carreira, estudou com Maria José Carrasqueira, Yara Bernette, Ney Fialkow, Cristina Capparelli Gerling e David Korevaar. Na Europa, estudou com Dalia Ouziel, Roy Rowat e Luis Carlos de Moura Castro.

Como solista, apresentou-se com a Orquestra de Cambra de L’Empordá (Espanha), Orquestra L’Estro Armonico de São Paulo, Orquestra de Câmara do Instituto de Artes da UNESP, Orquestra Sinfônica da Paraíba e Orquestra Sinfônica da UFPB. 

Pianista atuante em palcos por todo país, Luciana Noda tem realizado estreias de renomados compositores contemporâneos brasileiros como Liduíno Pitombeira, José Orlando Alves e Antonio Ribeiro.

Em 2015-2016 recebeu bolsa de estudos da CAPES/Fulbright para realizar seu pós-doutoramento na University of Colorado-Boulder (EUA), tendo como supervisor o pianista David Korevaar.

Luciana Noda é professora de piano da Universidade Federal da Paraíba e integra o corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Música desta instituição. Tem apresentado regularmente os resultados de suas pesquisas em congressos nacionais e internacionais. É membro da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música e membro-fundadora da Associação Brasileira de Performance Musical.

 

  • Realização:

  • Apoio:

programa

Entre na ABA: E-COMPETITION 2020, baixe o regulamento e faça sua inscrição online!

BOA SORTE!