17/04/19

Brasileirando

por Hércules Gomes

Teatro SESI/AML - Londrina - 19:30 h

Pianista e compositor

 

Natural de Vitória (ES), Hercules iniciou seus estudos aos 13 anos como autodidata e pouco tempo depois já tocava em bandas do cenário musical capixaba. Estudou na Escola de Música do Espírito Santo (a então EMES) e posteriormente ingressou no curso de Música Popular na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde se formou bacharel.

Apresentou-se em alguns dos mais importantes festivais de música no Brasil e no exterior como a MIMO, em Ouro Preto (MG); o Savassi Festival em Belo Horizonte (MG); o Festival de Inverno de Campos do Jordão, em Campos do Jordão (SP); o Festival Internacional Jazz Plaza, em Havana (Cuba); o Festival Piano, Piano, no Centro Cultural Kirchner, em Buenos Aires (Argentina) e o Brazilian Music Institute, em Miami (EUA).

Em 2012 foi o vencedor do 11º Prêmio Nabor Pires de Camargo - Instrumentista promovido pela Fundação Pró-Memória de Indaiatuba em homenagem ao importante compositor natural da cidade. E em decorrência do Prêmio Nabor, em 2013 recebeu a Outorga do Colar do Centenário pelo Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo. Em 2014 foi vencedor do I Prêmio MIMO Instrumental promovido pelo maior festival de música instrumental do Brasil (MIMO) com o objetivo de revelar novos talentos.

Já participou de trabalhos ao lado de músicos de renome como Arismar do Espirito Santo, Letieres Leite, Alessandro Penezzi, Wilson das Neves e Banda Mantiqueira, dentre outros.

Em 2014 participou do projeto GOMA-LACA – Afrobrasilidades em 78 RPM ao lado do maestro baiano Letieres Leite, projeto que resgatou músicas do candomblé, capoeira, jongo, maracatu, embolada e choro originalmente gravadas entre as décadas de 1920 e 1950.

E em 2015 participou da gravação do CD Radamés Gnattali - Concertos Cariocas no qual interpretou o Concerto Carioca nº 2 com a Orquestra Sinfônica de Campinas. Como solista da mesma orquestra se apresentou no 48º Festival de Inverno de Campos do Jordão onde interpretou a Segunda Rapsódia de George Gershwin no Auditório Cláudio Santoro. Em 2018, a convite do Ministério das Relações Exteriores, se apresentou como solista com a Jerusalem Symphony Orchestra na cidade de Jerusalém.

Participou como professor ministrando palestras, oficinas e workshops em importantes festivais como a 32ª Oficina de Música de Curitiba, o II Festival de Piano de Natal, o Savassi Festival 2016, o VIII Festival Internacional de Música de Campina Grande (FIMUS) e o 18th Annual Brazilian Music Institute, em Miami (EUA).

Em 2013, lançou seu primeiro trabalho solo no qual demonstra suas fortes influências de ritmos brasileiros, jazz e da música erudita aliadas a uma técnica refinada traduzindo ao piano seu universo sonoro. Com 6 composições próprias e 6 arranjos para músicas de compositores como Edu Lobo, Hermeto Pascoal e Ernesto Nazareth, o CD Pianismo traz fotografias panorâmicas do piano brasileiro com muito ritmo e lirismo. E em 2018 lançou seu segundo álbum intitulado “No tempo da Chiquinha” em comemoração aos 170 anos da pianista e compositora Chiquinha Gonzaga.

Hercules é considerado um dos mais representativos pianistas brasileiros da atualidade não somente por suas habilidades técnicas mas também pela escolha do seu expressivo repertório.

 

  • Realização:

  • Apoio:

programa

Chiquinha Gonzaga

Tia Amália

Radamés Gnatalli

Laércio de Freitas

Ernesto Nazareth

João Bosco

Dominguinhos

Pixinguinha

Jacob do Bandolim

Hércules Gomes